Início > Saúde > Elite de SP não quer a CPMF.Prefere vender a Saúde Pública

Elite de SP não quer a CPMF.Prefere vender a Saúde Pública


No programa Entrevista Record Atualidade, que vai ao ar na RecordNews desta terça-feira, às 21h15, hora de Brasília, este ordinário blogueiro conversa com Cid Gomes.

Cid se re-elegeu governador do Ceará no primeiro turno com 62% dos votos.

Dilma teve no Ceará, no segundo turno, 77% dos votos.

Sob a liderança de Cid, a base do Governo elegeu os dois senadores – Eunício Oliveira e José Pimentel – e derrotou Tasso Jereissati que, por muitos anos, comandou a política cearense.

Cid Gomes foi dos primeiros a defender uma forma de CPMF.

Como Dilma e Lula na primeira entrevista depois da vitória retumbante.

A Saúde Pública no Brasil, diz Cid, tem muitas carências – e falta de dinheiro.

Seja lá o nome que tiver – CPMF ou “os ricos também amam”, sugere este ordinário blogueiro  – é preciso haver uma fonte permanente de recursos para a Saúde – é a tese de Cid e de todos os governantes responsáveis deste país (inclusive alguns tucanos e DEMOs).

A extinção da CPMF foi uma obra sinistra da aliança FHC-FIE P (*) – Arthur Virgílio Cardoso, que o povo do Amazonas relegou à insignificância.

Na categoria dos governantes responsáveis não parece encaixar-se o poste que Padim Pade Cerra elegeu prefeito de São Paulo.

Amigo navegante se lembrou do que leu no Estadão, quinta-feira, pág. C1:

“Kassab lança Parceria Público-Privada de R$ 6 bilhões para a área da Saúde.”

Por 15 anos, Kassab vai entregar à iniciativa privada a construção e a reforma de 16 hospitais da cidade de São Paulo.

“Concessão terceiriza 70% dos leitos de SP”, diz a manchete da página interna, C3.

É assim que funciona a elite de São Paulo (e, por definição, separatista) e os que em nome dela governam.

Poupam os ricos de pagar impostos.

Entregam aos ricos a administração de serviços públicos.

Deixam os ricos ganhar dinheiro com isso.

E os pobres … bem, os pobres … bem, os pobres, amigo navegante, isso não é problema da elite ou dos que em nome dela governam São Paulo.

O Kassab tem uma formula para resolver isso, como já tentou no Jardim Romano (alagado): pagar passagem de ida para os nordestinos saírem de São Paulo.

E o Padim Pade Cerra ainda queria ganhar a eleição no Ceará !

Paulo Henrique Amorim

(*) O Conversa Afiada prefere referir-se a FIE P, que na gestão de Paulo Skaf, lutou para acabar com a CPMF. A CPMF, como se sabe, era o melhor instrumento para rastrear o Caixa Dois, o “S” que, em alguns locais de São Paulo, se chama de “bahani”.

Anúncios
Categorias:Saúde Tags:,
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: